O Banco de Brasília espera conceder, até o final de 2019, mais de R$ 1 milhão ao Microcrédito Produtivo Orientado (MPO). O valor equivale a cerca de dez vezes mais do que o operado pela Instituição em 2018.

Para ampliar a oferta, o BRB remodelará os parâmetros de concessão do microcrédito. Promoverá também alteração do valor máximo para contratação de R$ 15 para R$ 21 mil, e destinará profissionais especializados, denominados, agentes de crédito, para a oferta do produto.

Segundo dados da Codeplan, cerca de 140 mil pessoas estão enquadradas nos requisitos do microcrédito. O MPO é destinado ao pequeno empreendedor, que utiliza o crédito como capital de giro ou investimento. Para se enquadrar nesta modalidade, é necessário que tenha renda bruta de até R$ 200.000,00/ano e exercício de atividade produtiva há, no mínimo, seis meses.

“Queremos tornar o BRB uma instituição perene. Para isso, estamos trabalhando para transformar o Banco em protagonista do desenvolvimento econômico, social e humano de todas as classes do Distrito Federal”, afirmou o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa. “Neste sentido, a concessão de microcrédito tem papel fundamental”, acrescentou.

Outras informações sobre o crédito podem ser consultadas nas Agências do BRB e no Simplifica PJ.

Assessoria de Comunicação do BRB
E-mail: aimprensa@brb.com.br

Skip to content